Campanha CorAção

Em 2020, a Terra Nativa, diante da situação gerada pela pandemia, realizou a campanha CorAção – uma ação solidária em tempos de Covid-19. 

 

Criamos uma rede solidária, articulando as comunidades escolares para as quais prestamos assessoria em educação, onde buscamos arrecadar fundos e materiais escolares que foram distribuídos para instituições beneficentes parceiras, ativas na educação infanto-juvenil e em regiões vulneráveis. 

Durante os 6 meses da campanha CorAção, ganhamos corpo e colaboradores, entre escolas, empresas e doações individuais.

 

Em fins de junho, completamos a nossa primeira rodada de distribuição. No total, entregamos mais de 100 cestas básicas, 300 máscaras reutilizáveis e mais de 800 livros, sempre conforme as necessidades específicas de cada comunidade e instituição. 

Em julho iniciamos a segunda rodada de entregas, incorporando na campanha também a doação de mudas e sementes, criação de conteúdos pedagógicos e entrega de kits escolares, a fim de auxiliar as atividades remotas promovidas pelas ONGs parceiras.

 

Finalizamos em outubro com muita satisfação e agradecemos a todos que aderiram a nossa campanha e tornaram o CorAção uma realidade. Ter o apoio da nossa rede solidária foi fundamental para atingirmos o nosso objetivo.

A nossa ação criou uma relação duradoura com as instituições beneficiadas pela campanha. Um legado que construiu um vínculo para ações educativas futuras que poderão mudar o destino de uma grande parcela da população, reduzindo a pobreza e a contínua degradação do meio ambiente. 

 

A Campanha CorAção terminou? NÃO!

O objetivo é conectar mais ainda as nossas ações solidárias e ampliar cada vez mais a nossa rede de colaboradores.

O CORAÇÃO foi a sua marca, um símbolo universal de sentimentos que vem do interior de cada um, como a paixão e o amor. No Oriente, está associado à inteligência, à intuição e ao conhecimento. Nada mais significativo diante do contexto histórico-social.

Instituições beneficiadas pela Campanha CorAção

O Instituto Prof é uma organização social (OS) sem fins lucrativos localizada em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo. Fundada em 1993, oferece experiências educativas, orientação e capacitações para os jovens da comunidade. Atualmente, atende 540 crianças, que frequentam o Prof no contraturno escolar.

Luz e Lápis é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), que possui sede em Santo Amaro e Guarapiranga. Fundada em 1987, atende de forma gratuita 200 crianças de 1 a 5 anos em um projeto pedagógico inspirado na proposta socioconstrutivista. É certificada como uma entidade beneficente de assistência social com atuação em educação (CEBAS). Valoriza o brincar e o respeito à natureza.

Terra Indígena e Aldeia Tenondé Porã -  É uma terra indígena (TI) da etnia guarani mbiá que ocupa uma área de 15.969 hectares, nos municípios de São Paulo, São Bernardo do Campo, São Vicente e Mongaguá, com uma população estimada de 160 famílias. Falam apenas a língua guarani entre si, e praticam religião tradicional indígena. Plantam mandioca, feijão, milho e batata doce, entre outros alimentos, tendo como fonte de renda os salários de pessoas trabalhando em órgãos governamentais, programas sociais como o Bolsa Família e a venda de artesanatos.

Sementinha de Luz - Localizado em São Vicente (SP), o Núcleo Assistencial Semente de Luz, carinhosamente conhecido como “Sementinha”, atende em suas reuniões públicas cerca de 500 adultos e 300 crianças e adolescentes. Além do auxílio espiritual, diversas oficinas são oferecidas aos frequentadores: informática, reforço escolar, artesanato e música.      

                       

Em todas as atividades, crianças e familiares recebem refeições cuidadosamente preparadas pelas voluntárias do setor alimentar e, ao final de cada mês, mais de quatrocentas refeições são servidas aos frequentadores. Roupas, calçados e cobertores são doados e, mensalmente, fornecem cestas básicas a famílias carentes cadastradas no nosso serviço de Assistência Social além de enxoval completo a gestantes de baixa renda que frequentam o curso de cuidados com o bebê.

Fundação Julita - Fundada em 1951, a Fundação Julita nasceu de uma história de amor. O fazendeiro Antônio Manuel Alves de Lima fundou a organização em homenagem à sua falecida esposa, Julita Prado Alves de Lima; inicialmente para abrigar e dar instrução a famílias migrantes rurais. Próxima de completar 80 anos de atividade, a Fundação continua a se dedicar à família e seus membros, atendendo diariamente em torno de 1300 crianças, adolescentes, jovens e idosos de baixa renda, moradores do Jardim São Luís e bairros vizinhos, regiões da periferia da capital de São Paulo.

Rede solidária criada durante a campanha

Venha fazer parte desta rede solidária!

Entre em contato conosco - contato@terranativa.com.br
10_edited.png
abeta_preto.png
TurismoRespons%C3%A1velBaixaResolu%C3%A7
whatsapp-logo-icone-1.png

Rua Paula Ney, 726.
Vila Mariana - São Paulo - SP
CEP: 04107-022 - BRASIL

Tel/FAX: (11) 5081.2570

MINISTÉRIO DO TURISMO

N° 26.039843.10.0001-1

Terra Nativa Ecoturismo © 2020